personagem
Asma: entenda o que é e seus tratamentos

Notíciasjul, 01 - 2020

Asma: entenda o que é e seus tratamentos

Que a asma é uma condição comum, nós sabemos, mas você sabe exatamente o que é? Conhece seus tratamentos que, apesar de simples, são muito eficazes? Bem, então continue a leitura e para saber mais!

A asma, inflamação que ocorre diretamente nos brônquios e vias aéreas (sistema respiratório), provoca falta de ar, tosse, chiado no peito, cansaço e, por vezes, coriza. É uma doença bastante comum ao redor do mundo, chegando a mais de 300 milhões de casos, sendo cerca de 20 milhões apenas no Brasil. Pode se manifestar em pacientes de todas as idades e é categorizada como uma situação crônica e variável. 

Devido suas alterações, as pessoas diagnosticadas com a doença são separadas em três grupos (de casos) diferentes, sendo: leve, moderado e grave. Mas todos estes se enquadram nos números fornecidos pelo DATASUS, banco de dados do Sistema Único de Saúde, que aponta mais de 350 mil internações por asma anualmente no Brasil. Bastante, né? 

A verdade é que a causa da asma ainda é desconhecida, porém acredita-se que os principais fatores são genéticos e ambientais. Mas não se preocupem! Apesar de não ter cura, já existem diversas alternativas para manter um tratamento, sendo a principal delas o tratamento medicamentoso para controlar e/ou aliviar. Mas, a mudança de hábitos é uma excelente aliada, já que, evita os principais “gatilhos” para crises respiratórias. Então, vamos às dicas: 

  • Diga adeus à poeira 

Ambientes, roupas e bichinhos de pelúcia são propícios ao acúmulo de poeira e isso pode ser um gatilho para crises de asma. Por isso, mantenha tudo sempre bem limpinho e arejado. Se possível, evite o uso de produtos de limpeza com cheiros muito fortes, já que também podem influenciar. 

  • Pratique exercícios físicos moderados 

Há quem diga que a prática de exercícios físicos é bastante difícil com a companhia da asma, mas nem por isso devemos desistir, viu? Esse hábito colabora com a qualidade do organismo e, ainda, possibilita a resistência física.

  • Evite o frio 

Você sabia que nós acumulamos frio dentro do corpo? Pois é, ao andar descalço ou deixar de usar um agasalho são trazidas algumas complicações: desde cólicas e prisão de ventre, até problemas respiratórios. Por isso, preze por deixar o frio bem longe! A região do peitoral e das costas são as que mais merecem atenção. 

  • Cuidado com fumaças 

Seja da churrasqueira ou do fumo (que é bastante prejudicial), é importante manter distância das fumaças do dia a dia. Ambas podem causar dificuldades respiratórias e desencadear uma crise de asma grave. 

  • Mantenha uma alimentação rica em fibras 

De acordo com pesquisas desenvolvidas no Hospital Lausanne, na Suíça, as fibras induzem reações menos intensas nos alérgenos e, ainda, modificam a flora intestinal, multiplicando bactérias boas capazes de reduzirem processos inflamatórios. 

As fibras estão por toda parte e podem ser encontradas facilmente em grãos e frutas, por exemplo. Confira essa sugestão de lanchinho que, além de muito saboroso, é saudável:

– Sanduíche de pão integral, da Seven Boys, recheado com queijo branco e tomate. Para acompanhar, prepare um suco natural de Goiaba. 

Cuidem-se! 

Por Carolina Oquendo