personagem
Dez dicas para prevenir o engasgo em crianças pequenas

Notíciasset, 28 - 2018

Dez dicas para prevenir o engasgo em crianças pequenas

Crianças menores de quatro anos, principalmente bebês de até um ano, estão mais suscetíveis a engasgamentos e sufocamentos. Isto acontece pela obstrução de vias aéreas superiores como boca, garganta, esôfago e traqueia. Nesta fase, os pequenos têm o hábito de levar os objetos à boca para descobrir seu gosto e textura. Confira, abaixo, dez dicas para prevenir este tipo de acidente.

 

  1. Alimentos cortados em pedaços bem pequenos facilitam a mastigação e a deglutição;
  2. Azeitonas e frutas com caroço devem ser servidas cortadas em pedaços menores e já sem o caroço;
  3. Carnes com ossos e peixes com espinhas são verdadeiros vilões. Redobre a atenção e procure oferecer os alimentos já devidamente separados;
  4. Oriente a criança a se alimentar sempre sentada e com a boca fechada, sem falar o mesmo tempo;
  5. Alimentos redondos e duros devem ser evitados. Exemplos: Amendoim, uvas, pipoca, balas.
  6. Objetos pequenos e sintéticos, como moedas, bolas de gude, botões, broches, tachinhas, colares de contas e bexigas, podem causar sérios problemas;
  7. Bebês devem ficar na posição vertical por cerca de meia hora após a mamada.
  8. Não utilize berços que não obedeçam certificações e normas de segurança. O colchão deve ser firme e estar bem preso ao berço;
  9. Remova almofadas, brinquedos, cobertores e protetores quando o bebê estiver dormindo;
  10. Brinquedos e roupas com correntes, tiras e cordas com mais de 15 cm devem ser evitados. As cordas de cortinas e persianas também representam perigo de estrangulamento;

Por Thamyê Bloes